Receba nossa news

  •  
  •  
Você está aqui: Home Suplementos Especiais Produtos para saúde Higiene, beleza e sofisticação

Higiene, beleza e sofisticação

Higiene beleza e sofisticaçãoPrioritariamente responsável pela higiene bucal, setor agrega novos ativos que podem deixar o sorriso mais branco e atraente

Dentre os correlatos, uma grande categoria que se destaca entre os produtos de higiene & beleza é a de oral care. Tanto que hoje, segundo dados de 2012 do Instituto Euromonitor, fornecidos pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado mundial nesse segmento. Ainda de acordo com o levantamento da entidade, os produtos que mais cresceram de 2011 para 2012 foram os enxaguatórios bucais, com alta de 33,13%, seguidos dos cremes dentais (+26,51%), fios dentais (+15,02%), e escovas dentais (+13,75%).

Dicas de exposição

1) Separe os produtos por subcategoria, organizando-os na seguinte ordem no sentido do fluxo do corredor: Enxaguatório bucal – Fios e Escovas - Creme Dental.

2) Dê maior visibilidade para Enxaguatórios e Escovas, pois são subcategorias que possuem menor lembrança e planejamento de compra, mas complementam a cesta de compra da categoria, alavancando a lucratividade da seção. É recomendado expor os cremes dentais no final do fluxo (gôndolas inferiores ou no último módulo), pois são os geradores de tráfego da categoria.

3) Dentro de cada subcategoria, separe os produtos por marca, daquela de maior valor agregado para a de menor, para impulsionar a compra de itens de maior valor.

4) Nas subcategorias de enxaguatórios, cremes e fios, dentro de cada marca, separe os produtos com benefícios (que atendem a necessidades específicas, como produtos branqueadores, para gengivite, controle de tártaro etc.) dos regulares. Coloque os produtos com benefícios sempre acima, ou antes dos regulares.

5) No caso de escovas, separe e privilegie a exposição dos produtos com maior tecnologia e atributos diferenciados. Por exemplo: escova branqueadora, com limpador de línguas ou com cerdas emborrachadas devem vir antes ou acima de escovas mais simples.

6) Coloque as embalagens maiores antes das embalagens menores dos respectivos sabor/benefício. No entanto, caso não seja possível devido ao tamanho das prateleiras, agrupe todas as embalagens maiores no início da exposição da marca.

Esse resultado mostra que os brasileiros estão gastando mais e investindo na escovação, inclusive usando itens que vão além das pastas e escovas. “Com a alta do poder de consumo do brasileiro, concentrada muito nas classes D e C, vemos o crescimento principalmente no valor da categoria, pois os consumidores agora têm acesso a produtos de maior qualidade e com maior valor agregado”, comenta a diretora de marketing de Oral-B, Danielle Panissa. O analista de mercado da Nielsen, Luiz Gaspar, enxerga mais alguns motivos para essa tendência. “O consumidor passa a comprar produtos mais caros porque as categorias estão dando suporte, com ações como vendas casadas, promopacks e embalagens de diversos tamanhos”, avalia.

Um fator que comprova o destaque dos produtos premium e com maior valor agregado é a forma de desenvolvimento do setor, que registra crescimento positivo em valor e negativo em volume em algumas épocas do ano. “Os cremes dentais cresceram 7% em valor e caíram 8% em volume comparando janeiro e fevereiro de 2013 com o mesmo período do ano passado. Isso também aconteceu com o mercado de escovas de dentes, que atingiram alta de 1% em valor e queda de 5% em volume no mesmo intervalo”, comprova Danielle. Dessa forma, segundo a especialista de Oral-B, a tendência do mercado consiste na venda de produtos de maior valor agregado, que possuem um preço mais alto e, por isso, oferecem benefícios superiores. “As escovas apresentam maior tecnologia, considerando a remoção da placa, e algumas entregam multibenefícios, como limpadores de língua e massageador de gengiva. Já os cremes oferecem cuidados específicos para consumidores cada vez mais exigentes”, exemplifica.

Pelo próprio perfil das farmácias, onde os consumidores tendem a procurar produtos que tragam algum benefício específico para sua saúde, é importante que o mix contemple produtos com maior valor agregado, mesmo em estabelecimentos menores. “O canal farma independente, ou seja, pequenas farmácias, pode e deve trabalhar com um sortimento de higiene bucal mais avançado, pois é o destino para quem necessita de cuidados bucais específicos, além da linha regular”, orienta a Hypermarcas, detentora das marcas Sanifill e Bitufo, via assessoria de imprensa.

CATEGORIA CRESCE E GANHA MAIS BENEFÍCIOS

A Oral-B anunciou produtos como a linha 3D White com destaque para as white strips, que permitem o clareamento dental feito em casa, sem a necessidade de moldeira. Na linha Oral-B Pro-Saude, a novidade mais recente é a escova Pro-Saúde Clinical Protection Pro-Flex, que possui dois lados flexíveis que se ajustam individualmente aos dentes e às gengivas para melhor remoção da placa bacteriana; e o novo creme dental Pro-Saúde Clinical Protection Controle da Placa, que combate a placa, principal causa dos demais problemas bucais, como mau hálito, dor de dente e cárie.

Cuidados com as próteses dentárias

No ano passado, o mercado de produtos dirigidos aos cuidados com a prótese movimentou mais de R$ 100 milhões em valor e, em volume, foram mais de 6 milhões de unidades vendidas, segundo dados da Nielsen, fornecidos por Corega. “O mercado teve um bom crescimento em relação ao ano anterior impulsionado por ações da marca Corega, que trouxe novos usuários para essa categoria. Isso mostra que, cada vez mais, os consumidores procuram conforto, confiança e segurança”, argumenta a gerente de produto de Corega, Mariana Gibbins, acrescentando que os produtos para prótese representam, hoje, aproximadamente, 5% da categoria total de oral care, o que denota uma grande oportunidade de crescimento visto a baixa penetração.

As farmácias têm um grande potencial de crescimento com essa cesta de produtos. “Esse canal possui mais de 90% de importância para esse segmento, sendo essencial para o aumento de penetração da categoria”, destaca Mariana.

E, para o sucesso das vendas, é fundamental que esses produtos estejam no autosserviço. “Grande parte dos usuários de dentadura sentem vergonha de usar próteses dentárias e o fato de ter que solicitar o produto para o balconista traz um constrangimento adicional. Por isso, a melhor forma de organizá-los é mantê-los diretamente na gôndola de higiene oral, ao lado dos enxaguatórios”, avisa. 

A Hypermarcas recentemente relançou toda a linha de Sanifill e entre as principais novidades está a Ecodent, a primeira escova sustentável com cabo reutilizável. Com uma proposta ecologicamente correta, Ecodent possibilita a troca da “cabeça” da escova – parte onde estão localizadas as cerdas e que deve ser substituída, em média, a cada três meses. Desta forma, o cabo anatômico e emborrachado pode ser reutilizado, evitando o descarte desnecessário de materiais na natureza. Outra novidade é a reformulação da linha Penélope Charminho, da marca Bitufo, voltada para crianças. A marca tem uma linha diferenciada de higiene bucal avançada, como as escovas interdentais, de tufo único e de língua.

Já a Johnson & Johnson investiu em enxaguatórios bucais sem álcool. “Em 2012, por exemplo, a empresa lançou o primeiro enxaguatório sem álcool da marca, o LISTERINE® ZEROTM, fornecendo uma opção a mais para atender à necessidade e preferência dos consumidores que buscam por uma opção mais suave e sem álcool”, afirma o gerente de marcas de oral care da empresa no Brasil, Ronaldo Art. Em 2011, Listerine reforçou a linha de produtos clareadores Whitening (que cresceram 7% nos últimos três anos e, de 2011 para 2012, registraram alta de 12%).

TERAPIAS DE REPOSIÇÃO DE NICOTINA AGREGAM AGENTES BRANQUEADORES

No Brasil, segundo dados de Nicorette, 17,5% da população brasileira é fumante, o que corresponde a 25 milhões de pessoas. E alguns estudos apontam que os fumantes que utilizam as Terapias de Reposição de Nicotina (TRN) para largar o cigarro têm duas vezes mais chances de sucesso do que os que tentam utilizando apenas a força de vontade. Essa eficácia, faz com que essa categoria esteja em ascensão. “O mercado cresceu 14% em 2012” , revela o diretor de marketing de NiQuitin, Luiz Couto.

Nesse sentido, surgem diversas apresentações para esses produtos no mercado, que chegam em pastilhas, adesivos e gomas. O tratamento de reposição de nicotina consiste em manter o organismo com doses cada vez menores da substância, reduzindo os sintomas físicos da abstinência (muito comum nos fumantes que estão parando de fumar), como a irritação, dores de cabeça e dificuldade de concentração, sem expor o fumante aos efeitos nocivos dos outros componentes do tabaco”, explica Couto.

Alguns desses produtos, na apresentação de gomas, surgem com agentes branqueadores, que podem ajudar a melhorar o aspecto dos dentes de fumantes, que tendem a ficar amarelados ao longo do tempo. Um exemplo é Nicorette, que, além do novo sabor Icemint, também traz o benefício do efeito branqueador dos dentes.

Para as farmácias, é importante que os profissionais do balcão forneçam alguns alertas de uso aos consumidores. “Eles precisam saber as indicações do medicamento, ter informações sobre a administração, as contraindicações como, por exemplo, para fumantes com problemas cardíacos, e dose máxima, já que o fumante não deve mascar mais de 24 gomas por dia”, avisa o diretor médico da Johnson & Johnson Consumer, Dr. Eli Marceki Lakryc.

Sites do Grupo

logo-contento
logo site

Contate-nos

1396561723 social facebook box blue   1396561730 social twitter box blue   1396561765 youtube

Guia da Farmácia: Revista dirigida aos profissionais de saúde
Rua Leonardo Nunes, 198
Vila Clementino – CEP 04039-010
São Paulo – SP


Telefone (11) 5082-2200
comunicacao@contento.com.br